banner rock convertPowered by Rock Convert

Muitas vezes ao instalar portas de vidro de correr em uma empresa ou negócio, o orçamento termina sendo maior do que o cliente quer pagar e uma das principais causas disso é a falta de informação para saber qual a medida ideal de portas de vidro de correr para cada situação. Os tipos de portas também podem variar.

Já havíamos falado sobre como economizar com as 3 dicas para planejar a instalação de uma porta automática de vidro, porém alguns clientes ainda estão pagando mais pela falta de informação técnica, pois, normalmente, um modelo menor de automatizador solucionaria o problema.

Por isso criamos esse artigo para explicar melhor qual a melhor maneira de pedir um orçamento adequado, utilizando os modelos mais baratos de portas de vidro de correr. Também abordamos aqui o tema das saídas de emergência, algo que vem chamando muito a atenção pela nova norma Legislação de saídas de emergência.

Como fazer um orçamento de portas de vidro de correr?

Porta automática de vidro

Temos recebidos consultas de profissionais da área de construção civil, que constantemente nos perguntam: “será que existe uma medida e um tipo ideal para portas de vidro de correr”?

A resposta é sim! Por questões econômicas principalmente, onde uma medida de largura de vão de 3,20 m e uma altura de 2,30 m, irão resultar na escolha de um equipamento de menor porte, em função do peso, que neste caso, para uma porta de 4 folhas com 02 fixas e 02 moveis, teremos as 4 folhas com largura de 0,8 m e um peso de 50 Kg, para vidro de 10mm temperado. As folhas moveis que determinam a escolha do equipamento terão então o peso de 50 Kg acima descrito.

Uma porta com as características acima entre os modelos de nossa fabricação, a escolha recairá sobre o menor modelo da linha e a relação custo-benefício é bastante alta.

As portas de vidro de correr com 2 folhas moveis de 0,80 m, terá uma passagem livre de 1,60 m para portas sem fechadura e 1,40 m para portas com fechaduras. As duas passagens livres para os pedestres, são consideradas ideais pelos bombeiros para eventuais emergências.

Por outro lado, uma passagem com 1,60 m ou 1,40 m mantém a porta sempre fechada, ou seja, quanto menor a porta mais tempo ela permanecerá fechada e menor será a perda de massa fria do ambiente, mantendo-o permanentemente agradável e economizando energia com a redução no consumo do ar-condicionado.

Os pré-requisitos para uma correta escolha são segurança e ambiente agradável e podem ser encontrados no equipamento TORE da Novva Aprimatic by PPA, que além da estética que o perfil “slim” proporciona, agradada muito os profissionais da construção civil.

Outra dica importante para redução de custos, é a utilização de vidros com perfil de alumínio ou aço inox, somente nas extremidades, superior e inferior da porta, produzindo um design harmônico.

Medidas para portas de vidro de correr em saídas de emergência

Porta automática de vidro

Já existe uma grande preocupação com relação às saídas de emergência.

As portas que abrem para dentro nas rotas de saída, em ângulo de 180º, quando do seu movimento de abrir, no sentido de trânsito de saída, devem manter uma largura mínima livre de 1,20 m para as ocupações em geral;

Por outro lado, as portas da rota de saída e aquelas das salas com capacidade acima de 50 pessoas e em comunicação com os acessos e descargas devem abrir no sentido de trânsito de saída e também devem manter uma largura mínima livre de 1,20 m

Este post foi útil para você? Por favor, deixe os seus comentários e compartilhe nas suas redes sociais.

portas de vidro de correr